Injetor de Sinais



O Injetor de sinais de áudio é uma ferramenta prática e importante para um técnico eletrônico, apesar de ser um equipamento simples, com ele se é capaz de localizar problemas em linhas de áudio em equipamentos eletrônicos.
Na realidade ele é um oscilador de áudio (gerador) que é usado para injetar um sinal em um circuito, que quando em condições normais de funcionamento, deixa seu sinal passar sem interrupções. Quando o circuito está defeituoso; detectar partes com defeitos em etapas de áudio e assim verificar em qual ponto ele para de ser amplificado e onde está o defeito.
Esse esquema é de um injetor de sinais  tradicional que usa apenas uma pilha de 1,5 Volts como fonte de alimentação; desta forma tornando o injetor bem pequeno e portátil, podendo ser montado em forma de caneta para facilitar seu uso em placas de circuito impresso.


Este injetor, é baseado em um que era vendido comercialmente na "década de 80" e que hoje praticamente não se encontra mais a venda.  Mas como é um circuito que poderá ajudar bastante a quem vai fazer manutenção na área de áudio, resolvi  postar aqui, a pedido de um amigo, um projeto que havia postado antes no fórum http://www.handmades.com.br no tópico chamado Injetor de Sinais (O pequeno Gigante) 

Aqui vão algumas fotos do Injetor de Sinais original:













E aqui, a minha versão do mesmo injetor, com pequenas modificações quanto aos transistores usados, que são diferentes dos originais.

Inicialmente, a intenção era usar no formato caneta, dentro de algo como um cano de pvc para água, ou qualquer outra "embalagem".  Como houve que pediu para colocar numa embalagem de "vitamina C", então fiz um outro layout para que coubesse nela.

Que neste caso, irá usar uma pequena bateria de 3V CR2032, usada em placa mãe de PC.

E aqui está o link para baixar o PDF que foi publicado originalmente no fórum handmades, com disse antes: PDF do Injetor de Sinais

Espero que possa servir, como ferramenta auxiliar, para quem precisar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui...